APDP

Preservação e divulgação da cultura e identidade da aldeia de Pitões das Júnias.


A APDP – Associação Para o Desenvolvimento de Pitões – foi criada em fevereiro de 2015 e surgiu da necessidade de promover atividades e desenvolver projetos que visem a preservação do património imaterial local. A APDP tem como objetivo promover a cultura do povo de Pitões, motivando e envolvendo os habitantes. Em paralelo pretende criar infraestruturas adequadas às caraterísticas da população e dos eventos a concretizar.

A população de Pitões possui caraterísticas únicas e muito particulares. Estas devem-se ao fato de a aldeia, Pitões das Júnias, estar situada a 1129 metros de altitude, no extremo norte de Portugal, dentro do Parque Nacional Peneda-Gerês, no concelho de Montalegre, região de Barroso, Trás-os-Montes. Além disso, o seu clima inóspito do inverno e a consequente imigração contribuíram para que a aldeia conservasse a sua pequena população. A sua origem remonta aos séculos IX e XI, muito análoga à origem do Mosteiro de Santa Maria das Júnias.